terça-feira, 18 de abril de 2017

Heinrich Himmler, chefe das SS do Terceiro Reich: Um tratado insano de "normas" para teste com crianças em "centros especiais"

27 de Junho de 1943  Neste dia Heinrich Himmler, chefe das SS, anunciava uma nova série de "normas" para testar as crianças nascidas entre os trabalhadores escravos vindos do leste europeu.  
Em 1943 a Alemanha tinha à sua disposição uma gigantesca massa de trabalhadores escravos. Cerca de 3 milhões de pessoas, na sua maioria prisioneiros de guerra soviéticos e civis poloneses, trabalhavam em regime de escravidão na indústria militar alemã.  

Como nessa massa de trabalhadores existiam muitas mulheres, os nascimentos eram relativamente comuns.  Algumas dessas crianças apresentavam traços que os alemães consideravam "desejáveis" como, por exemplo, olhos azuis e cabelo loiro. Nesses casos, as crianças eram retiradas das mães e enviadas para famílias alemãs onde deveriam ser criadas como "cidadãos arianos". 

No entanto, caso essas características não fossem identificadas nas crianças, e de acordo com as novas regras de Himmler, seriam enviadas para "centros especiais", onde eram geralmente muito maltratadas, com a maioria delas vindo a falecer por desnutrição.

Fonte: Fonte na Sugunda Guerra Mundial


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

▲ Topo