segunda-feira, 6 de junho de 2016

A MORTE DE AYRTON SENNA - "CONSPIRAÇÃO?" - VAMOS AOS FATOS DOS ÚLTIMOS SEGUNDOS DE VIDA ATÉ A SUA MORTE

Ayrton Senna, Acidente ou Execução?
Teoria da Conspiração
Acidente ou Execução?

Esse vídeo esclarece tudo sobre a morte de Ayrton Senna. Por Edgar Melo Filho.



Documentário do National Geographic com a versão oficial de como aconteceu o acidente fatal.



 Ayrton Senna - Ímola 01/05/1994 - ACIDENTE COMPLETO - PARTE 4/10 GLOBO
Clique na foto acima para assistir o vídeo da última corrida do maior piloto da F1 de todos os tempos.

Original da Rede Globo, narrado por Galvão Bueno, transmitido com toda emoção do momento. Na terceira corrida da temporada, o GP de San Marino, em Ímola, Senna declarou que esta deveria ser a corrida de início da temporada para ele, pois não havia terminado as anteriores e agora faltavam apenas quatorze corridas. Senna mais uma vez conquistou a pole, mas o fim de semana não seria tão fácil. Ele estava particularmente preocupado com dois eventos. Um deles, na sexta-feira, durante a sessão de qualificação da tarde, o piloto brasileiro Rubens Barrichello, envolveu-se em um grave acidente e segundo ocorreu no sábado, durante os treinos livres, quando o austríaco Roland Ratzenberger, bateu violentamente na curva Villeneuve e ele faleceu minutos depois de chegar ao hospital. Essa foi a primeira morte de um piloto na pista em dez anos - desde que a FIA adotara sérias medidas de segurança. Na sétima volta a corrida foi reiniciada, e Senna rapidamente fez a terceira melhor volta da corrida, seguido por Schumacher. Senna iniciara o que seria a sua última volta; ele entrou na curva Tamburello e perdeu o controle do carro, seguindo reto e chocando-se violentamente contra o muro de concreto. A telemetria mostrou que Senna, ao notar o descontrole do carro, ainda conseguiu, nessa fração de segundo, reduzir a velocidade de cerca de 300 km/h (195 mph) para cerca de 200 km/h (135 mph).[20] Os oficiais de pista chegaram à cena do acidente e, ao perceber a gravidade, só puderam esperar a equipe médica. Por um momento a cabeça de Senna se mexeu levemente, e o mundo, que assistia pela TV, imaginou que ele estivesse bem, mas esse movimento havia sido causado por um profundo dano cerebral. Senna foi removido de seu carro pelo Professor Sidney Watkins, neurocirurgião de renome mundial pertencente aos quadros da Comissão Médica e de Segurança da Fórmula 1 e chefe da equipe médica da corrida, e recebeu os primeiros socorros ainda na pista, ao lado de seu carro destruído, antes de ser levado de helicóptero para o Hospital Maggiore de Bolonha onde, poucas horas depois, foi declarado morto. Foi o fim de uma era da fórmula 1.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

▲ Topo