terça-feira, 9 de agosto de 2016

Dupla arremata casaco militar de Hitler por R$ 1 milhão em leilão

Um leilão de artefatos nazistas colocou à venda desde cuecas até cordas usadas em enforcamentos, em um evento fechado e polêmico realizado em Munique, na Alemanha. 

Apesar da tentativa dos organizadores de barrar a imprensa para evitar vazamento de informações sobre a venda dos artefatos, dois jornalistas conseguiram se infiltrar no leilão, organizado pela casa Hermann Historica recentemente. Segundo informações divulgadas pelos jornalistas do BILD e Süddeutsche Zeitung, entre os itens vendidos, o destaque ficou por conta de um casaco militar de Hitler, arrematado por uma dupla de argentinos por 250 mil euros, o equivalente a um milhão de reais. Entre as peças à venda, estavam cuecas de seda do militar nazista Hermman Göring, o porta-comprimidos onde ele ocultou a cápsula de cianeto para o seu suicídio, uma calça de couro de Hitler e meias do ditador - veja mais sobre os itens vendidos e valores no final do texto. Dupla de argentinos Além dos artigos nazistas, o que chamou a atenção no leilão foi a dupla de argentinos. 

Os dois gastaram 600 mil euros (R$ 2,3 milhões) e levaram, além do casaco militar, a calça de couro de Hitler por 62 mil euros (R$ 237 mil). Os argentinos estavam identificados como os participantes 888, um número cabalístico ainda usado na Alemanha - o 88 é usado pelos neonazistas por causa da abreviação HH (“Heil Hitler”), pois o H é a oitava letra do alfabeto. Fora o país de origem, não se sabe mais nada sobre os compradores ou a origem do seu dinheiro, fora especulações de que possam ser representantes de algum colecionador ou museu. Os itens leiloados eram da coleção do médico John K. Lattimer. Ele tinha acesso aos prisioneiros nazistas e também foi o encarregado de certificar suas mortes por enforcamento assim como o suicídio de Göring.

A realização do leilão provocou protestos da comunidade judaica da capital da Baviera.

Veja abaixo alguns dos itens vendidos:
  
Casaco militar de Hitler - 275.000 euros (1 milhão de reais) 
Cuecas de Göring - 3.000 euros (R$ 11.000) 
Calça de couro de Hitler - 62.000 euros (R$ 237.000) 
Meias de Hitler - 18.000 euros (R$ 69.000 reais). 
 Porta-comprimidos de Göring - 26.000 euros (R$ 99.500) Pedaço da corda com a qual alguns dirigentes foram enforcados - 2.000 euros (R$ 7.600) 

Fonte: El País Imagem: Hermann Historica/Divulgação


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário será muito legal...meu muito obrigado!! Volte Sempre!!!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.